BLOG DA MGLCOM

O lado bom da Copa: o Boeing grafitado pelos Gêmeos

Você já está sabendo da melhor informação sobre a Copa? O Boeing 737, que transportará a seleção brasileira na Copa do Mundo, foi inteiro pintado pelos grafiteiros brasileiros (e internacionalmente conhecidos) Otávio e Gustavo Pandolfo, os Gêmeos.

Otávio e Gustavo queriam fazer do avião uma obra de arte. A ideia nasceu há mais ou menos um ano e foi apresentada a Gol, que aceitou. Os artistas pensaram em fazer uma pintura com a qual o público se identificasse.

Na pintura é possível ver vários rostos. Segundo Otávio, pelo menos alguma vez na vida as pessoas já pensaram em caminhar sobre as nuvens, e eles quiseram tornar isto possível. Através da obra, os artistas esperam amenizar aquele clima sério dos aeroportos, quebrando a rotina das pessoas que por ali passam, para que elas possam se distrair um pouco.

Dentre as ótimas ideias que os artistas tiveram para compor a obra, estão as pinturas das duas turbinas, que têm a figura de uma pessoa deitada. Os Gêmeos colocaram a cabeça na turbina pelo seguinte motivo: porque é ela que faz o avião se mexer, enquanto a cabeça é o que faz tudo se mover.

Grande parte do sucesso do projeto também se deve ao trabalho do engenheiro, que realizou testes para descobrir como a tinta iria aderir à fuselagem. Depois de feitos os testes, a antiga pintura do Boeing foi raspada e o spray aplicado. Após concluída a pintura, foi passado um verniz para protegê-la contra os raios UVA e UVB.

A princípio, levaria 15 dias para concluir todo o trabalho, porém, foi necessária apenas uma semana para finalizar por completo o serviço. Ao longo do processo foram usadas cerca de 1,2 mil latas de spray. Por questão de segurança, as asas não foram pintadas, pois o cinza facilita a detectar problemas como vazamentos ou danos.

Por dentro o avião não tem nada diferente: 177 poltronas, com aparência e formato de uma aeronave da mesma categoria. Também não há salas de reunião para Felipão pensar táticas ou exibir vídeos com esquemas de adversários, pois depois o jato será anexado à frota.

Os gêmeos admitem que gostariam de voar no Boeing, que terá o grafite mantido na fuselagem por cerca de dois anos. O primeiro voo dessa obra de arte com asas acontece hoje, nesta terça-feira, fazendo uma viagem entre Belo Horizonte e São Paulo, transportando passageiros convencionais. De acordo com a Gol, quando o avião não estiver transportando a seleção, fará as viagens seguindo a demanda diária.

Veja a seguir imagens do Boeing 737:

E o avião pronto: